Voltar para Pagina Inicial










Compromissos Éticos

Os Compromissos Éticos devem ser adotados, respeitados e cumpridos por todas as instituições que implantam o Programa Renascer, bem como por aqueles que nele trabalham.

  Todos os direitos sobre o Programa Renascer pertencem à Fraternidade Cristã Espírita Luiz Sérgio, o que deve ser respeitado não se adulterando nenhuma de suas partes ou reproduzindo-as para uso diverso da sua finalidade.

3º  
O Programa Renascer é espírita e deverá ser assim apresentado aos recuperandos e familiares.

 Todos os voluntários do Programa Renascer, devem ser fiéis e verdadeiros na vivência e transmissão da sua proposta.

5º 
Todos os grupos do Programa Renascer devem seguir rigorosamente o estabelecido em sua fundamentação, em sua programação, em sua estrutura,  em sua metodologia e em seu conteúdo, entendendo tratar-se de um programa elaborado pela Espiritualidade.

§
1:   Não se introduzirá novos textos no Programa, mesmo que espíritas.

§ 2: 
Não se omitirá textos da programação.

§ 3: 
Não se introduzirá definições e conceitos estranhos ao programa.

§ 4: 
Serão respeitados todos os elementos do Programa, a saber: a sistemática de grupo de apoio, o Roteiro da Reforma Íntima, os Módulos, os Princípios básicos da Reforma Íntima,  as Metas de Recuperação, a Estrutura do Programa, os Compromissos com a recuperação,  o Circuito de Segurança, etc.  

Quando o programa for trabalhado fora do meio espírita, os mesmo textos serão usados, podendo a forma de apresentação ser adaptada à nova realidade, desde que não traga prejuízos aos conceitos e fundamentos do Programa, conforme art. 2º e 5º.

7º 
Para ingresso no Programa, a todos se dará igualdade de tratamento, não se fazendo distinção de gênero, de orientação sexual, de raça, de cultura, de condição social e física, de crenças, de idade, de nacionalidade ou qualquer outra, aceitando-se portadores de qualquer tipo de dependência material ou moral, em processo de abstinência ou não, salvo o exposto no parágrafo único.

§ único:
É facultado à casa espírita especializar-se num único tipo de dependência (exemplo: drogas, depressão, etc.), tendo em vista o seu público.

8º 
Os coordenadores do grupo de apoio e os atendentes fraternos deverão manter absoluto sigilo em relação a depoimentos e identidade dos participantes do grupo. O sigilo somente poderá ser quebrado com autorização expressa do interessado ou quando houver risco para si próprio ou para terceiros.

 9º  
O relacionamento entre os coordenadores e, entre estes e os  participantes dos grupos, deve ser respeitoso e fraterno, evitando-se antagonismos e vivenciando a paz no grupo.

10º  
As religiões devem ser respeitadas, não se permitindo comentários desairosos ou desabonadores sobre elas ou sobre seus líderes e seguidores

11º   
Os voluntários do Programa Renascer, não aceitarão nenhum tipo de retribuição ou paga pelos tratamentos feitos no grupo.

§ único:
O participante não contribuirá financeiramente nem para o grupo nem para a casa espírita, exceto se ele, apesar de assistido, já for voluntário da casa.

12º 
Visando a multiplicação dessa tarefa no meio espírita e a manutenção da integridade do Programa Renascer como prevista nos artigos 2, 4 e 5 destes Compromissos, a Fraternidade disponibiliza treinamento aos voluntários e acompanhamento na implantação do Programa